Yasmin Costa,22 anos, estudante de odontologia, rio de janeiro. ❤ ☯

Fonte: plenoss via delus-i
Fonte: midnight-bleue via only-good-vibes-man
Fonte: touchdisky via r-e-g-g-u-e-i-r-a
Fonte: at-kenzjune via oruivo
Fonte: weheartit.com via ojahmeleve
Fonte: ultimosonho via sheron
Noites vazias, dias cheios, mente perturbada e um peso nas costas que é impossível descrever, isto me define. Há muitas coisas mal resolvidas em minha e na vida de muitos que lêem o que estou escrevendo. Há coisas que fiz que me arrependo, porém prefiro pensar naquilo que me fez bem. Um dia escrevi uma carta de amor, por sua vez ridícula, mas como diz Fernando Pessoa “não seria carta de amor se não fosse ridícula”. Aliás, sinto-me ridiculamente romântico. Outro fato sobre mim é que amo ler, amo o cheiro de livros novos, fiz coisas idiotas para pessoas que amo poder, simplesmente, abrir um belo sorriso, já dei lugar para um idoso no ônibus, já ajudei o mesmo a atravessar a rua, já fiz cabana no quarto com meu irmão, já entrei em uma loja só para ver os produtos, já chorei por besteira, já tremi ao apresentar um trabalho, já desejei alguém que não poderia ter… Por fim, já fiz muitas coisas que conseguiram definir o que sou hoje. Continuarei com o espirito de criança e adolescente pro resto de minha vida, pois quando nos tornamos adultos, ficamos sérios, não sonhadores, aceitando o jeito que a vida é e por muitas vezes nos tornamos chatos. Uma única pergunta eu tenho para lhe fazer, adulto: você quando criança se orgulharia do que você é hoje?
Fonte: retaliador via capacitadora
Fonte: nikkizee via r-e-g-g-u-e-i-r-a
Fonte: natasjatobin via h-aporra
Fonte: samuellikesyou via vlorra